segunda-feira, 16 de fevereiro de 2009

E quem disse que não é vitória minha também?!


Quando aquela página foi aberta e não pude ver meu nome, não nego que a decepção tomou conta de mim. Por mais que eu soubesse não ter estudado o suficiente, por mais que eu sentisse que talvez não fosse dessa vez, senti isso, sim.

E os meus primeiros pensamentos foram: Ainda bem que o Felipe está aqui; ainda bem que a Laís passou.

Saber que o sonho dela havia sido realizado significou para mim ter forças para continuar, e ter um apoio, já que alguém a quem eu amo tanto emprestou sua felicidade para mim. Emprestou sim. Não foi comigo. Mas quem disse que não é vitória minha também?!

Eu a vi passar de uma menina insegura e tola a uma mulher forte e decidida. Eu a vi ser feliz, a vi festejar, a vi chorar, linda, mergulhada em silêncio... a vi perder, e achar que conquistou de novo, a vi desabar, mas se agarrar à vida e ter forças para seguir em frente... duvidar e enfim, vencer!

Nada do que eu diga hoje será suficiente para mostrar a minha felicidade e o meu orgulho. Nada do que eu suponha, do que eu relembre, do que eu imagine tentar dizer, será suficiente para falar que hoje o mérito é todo seu, a felicidade, a vitória, as congratulações.... tudo tudo!

E eu, como uma pessoa que te ama, como uma pessoa que pode dizer isso e ouvir eu te amo de volta, quero usufruir do meu direito para dizer a você que hoje é só o começo de um grande futuro, a primeira página da vida de uma grande pequena mulher que se escreve para quem mais quiser ver.

Não sei se já disse isso antes, mas me acho muito egoísta. E sabe por que?! Porque acho que quando alguém maravilhoso se permite ser amado, e trazer felicidade a outras pessoas, não está fazendo bem a si, mas sim a quem está em volta. E obrigada, por um dia que talvez eu dormisse chorando de tristeza, eu poder sentir o coração leve de paz, orgulho e felicidade. Você e TODA a sua família são pessoas únicas e maravilhosas que sempre serão essenciais na minha vida. E poder dividir isso com todos vocês faz a minha vida mais feliz. Eu também venci, e quando chegar a minha vez, dividirei minha felicidade com vocês.


ps: Veja e aprenda como se canta os gatinhos do Campus da Ceilândia:

- Que saúuuuuuuuuuuude hein! kkkkkkkkkkkkkkkkkk

Um comentário:

Lais disse...

Você sabe que sem a sua força eu não teria conseguido,e eu sou a garota mais feliz do mundo por poder dividir isso com vc, minha amiga, minha irmã, minha companheira...
Eu não tenho palavras pra te expressar o quanto eu me sinto realizada por ter pessoas tão maravilhosas assim, como vc, perto de mim. Não sei explicar o tanto que vc é importante pra mim. O tanto que sua presença e o seu apoio são indispensaveis, o tanto que a sua força me faz forte.
Nós estamos juntas nisso e a minha vitória eu ofereço a vc, pra vc tbm não desistir dos seus sonhos por mais que tenha gente q não acredite neles, eu acredito. E do mesmo jeito que vc se orgulha de mim eu me orgulho de vc, pq vc é a melhor amiga que eu podia esperar... Obrigada pela força, pelo carinho, pela amizade...
Eu torço por vc!
E essa vitória é NOSSA!