quarta-feira, 8 de outubro de 2008

Por que você, Andu?!


Já ouviu falar que aparência não diz nada?! Pois é... Decidi começar por ele, pois ele me ensinou muita coisa nos últimos meses. Essa idéia de falar o que vem na cabeça, eu pensava que era só minha (a ponto de mostrar sentimentos tão íntimos, sim). Eu gostei disso. Sempre pensei nisso. Só faltava alguém pra dar o primeiro passo, e este alguém está aí.
Sinceramente, nunca gostei muito de blogs. Isso porque a maioria dos que já li não dizem muitas coisas 'construtivas' (não que esse vá dizer! kkkkkkkkk), mas era uma coisa muito 'manter as aparências'. Eu pretendo o contrário. Mostrar uma pessoa que muita gente não conhece. Uma pessoa que se escondeu muito tempo, por medo de certas opiniões, e agora quer correr atrás do tempo perdido, e ouvir as opiniões que temeu por muito tempo, e entender as críticas da melhor forma possível. Não quero que ninguém aqui entre com a idéia: não gosto de você, então vou meter o pau! Aqui não! Veja o que eu tenho a dizer primeiro. Não vou usar coisas do tipo 'inveja mata', ou 'fala mal mas paga pau'! Isso é patético! Se não gosta não gosta, isso vai fazer diferença (ou não) pra mim!
Apesar de me considerar uma pessoa com uma mente até aberta, NÃO TOLERO preconceitos e gente que se acha melhor que os outros. Se tem alguém que já sabe tudo, então tá fazendo o que nessa vida né?! Se tudo fosse tão fácil assim, a gente não passaria por muita coisa ruim duas vezes! Hoje não foi um dia muito fácil pra mim, mas algumas descobertas me fazem ter coragem, e a primeira delas é dizer um pouco do que eu penso. Enjoy! ^^


Talvez eu seja uma garota cheia de sonhos e idealizações
Talvez eu pense que na minha realidade falta muita coisa.
De qualquer modo, já desisti da praça, da rua, do cinema
Não vejo muita graça na televisão
Minha manhãs são tão monótonas e frias
Que nem acordo mais para saudá-las.
Muito fácil dizer o que me incomoda.
Difícil é pensar no que me faz feliz
Porque para mim a felicidade não é uma receita
Que se pode errar da primeira vez e
Depois acertar para sempre.
Ela não vem de vez em quando
Não deixa espaço para falhas, sofrimentos e regressões
E regredir é grave...
É pensar no momento de riso...
E chorar por se estar sozinho
Por isso que acredito que a felicidade é sublime demais
Pra eu poder me definir como alguém ''feliz''
Sou saudosista, pessimista e introspectiva.
Sempre penso que nada pode ser tão bom que dure
Tão bonito que não me fará sentir triste...
E por que não dizer?
Eu estou e me sinto sozinho de novo...
Talvez eu seja cheia de sonhos e idealizações
Depende de como nasce o dia.
Esse meu mundo é relativo demais.

2 comentários:

Deslocado disse...

Achei que o seu primeiro post ia ser sobre mim =[[[[[[[[

Andu disse...

Ela pos a nossa pior imagem ever!!!